fbpx


Novembro Azul

Não feche os olhos para sua saúde!

A previsão da sociedade brasileira de urologia é que até o final de 2020 sejam diagnosticados 65 mil novos casos de CA de próstata. Sendo diagnosticada precocemente a doença de tem 90% de chances de cura.

Aproximadamente 6 em cada 10 casos são diagnosticados em homens com mais de 65 anos.

A Sociedade Brasileira de Urologia recomenda que a partir dos 50 anos os homens devem procurar um profissional especializado para realizar avaliações preventivas. No caso de quem já possui parentes em primeiro grau com CA de próstata a prevenção deve começar aos 45 anos.

Isso tudo por que esse tipo de câncer evolui silenciosamente e alguns dos sintomas são parecidos com o do crescimento benigno da próstata.

Ainda sobre dados da doença ela é o tipo mais comum entre os homens e a causa de morte de 28,6% da população masculina que desenvolve neoplasias malignas.

Em 2020 a preocupação com a saúde ficou ainda maior devido à pandemia do novo corona vírus, pois segundo o Ministério da Saúde a nova doença é mais letal quando atinge homens com mais de 60 anos e que apresentam comorbidades, ou seja, que estejam acometidos de duas ou mais doenças ao mesmo tempo.

 

Vamos entender melhor? Você conhece o seu corpo?

A próstata é uma glândula do sistema reprodutor masculino, que pesa cerca de 20 gramas, e se assemelha a uma castanha. Ela localiza-se abaixo da bexiga e sua principal função, juntamente com as vesículas seminais, é produzir o esperma.

 

Conheça os sintomas:

Na sua fase inicial, o câncer de próstata não apresenta sintomas. Quando os sinais começam a aparecer os tumores já estão numa fase avançada e o paciente tem por sintomas: dores ao urinar, vontade de urinar com frequência, dor óssea e a presença de sangue na urina ou no sêmen.

 

Fatores de risco:

Os principais fatores de risco são o histórico familiar como pai, irmão e tio, ou seja, parentes em primeiro grau com histórico da doença. Além disso, homens negros ou obesos também sofrem maior incidência desse tipo de câncer. Identificou? Tem que tratar! Tenha em mente que o diagnostico precoce realizado por um profissional especialista é a única forma de garantir a cura!

 

Existem dois exames iniciais que são fundamentais para diagnóstico da doença: o exame de sangue, por meio do Antígeno Prostático Específico (PSA), e o exame de toque retal, ambos cobertos pelo SUS e pelos Planos de Saúde. Quando associados, esses dois exames, podem dar uma segurança de cerca de 90% ou mais, auxiliando no diagnóstico precoce.

Mesmo que não tenha nenhum sintoma, homens procurar o urologista para conversar sobre os exames a serem realizados. A partir dos 45 anos para homens com fatores de risco, ou 50 anos sem estes fatores.

Um dos motivos que faz os homens não buscarem ajuda é o preconceito que ainda existe com o exame do toque retal que permite ao médico avaliar alterações da glândula, como endurecimento e presença de nódulos suspeitos, cerca de 20% dos pacientes com câncer de próstata são diagnosticados somente pela alteração no toque retal. Daí sua importância.

Outros exames podem ser solicitados se houver suspeita da doença como as biópsias, que retiram fragmentos da próstata para análise, guiadas pelo ultrassom transretal.

A indicação da melhor forma de tratamento vai depender de vários aspectos e em casos de tumores de baixa agressividade há a opção da observação ativa, na qual periodicamente se faz um monitoramento da evolução da doença intervindo se houver progressão da mesma.

 

Prevenir é sempre a melhor saída!

 

De acordo com o Instituto do Câncer (INCA) a adoção de hábitos de vida saudáveis ajuda a diminuir o risco de câncer bem como também de outras doenças crônicas não transmissíveis. Portanto, o ideal é adote a prática de exercícios físicos, no mínimo 30 minutos por dia, pois isso o ajudará a manter o seu peso adequado. Busque também ingerir alimentos como frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais, e com menos gordura, principalmente as de origem animal que são prejudiciais à saúde. Procure identificar e tratar adequadamente a hipertensão, diabetes e problemas de colesterol, além de diminuir o consumo de álcool e não fumar.

E nós, como RH estaremos sempre presentes e juntos nessa Campanha de Prevenção orientando em tudo o que precisar.

Vamos juntos impulsionar a saúde no trabalho!

 

Fontes:

bvsms.saude.gov.br/ultimas-noticias/2535-novembro-azul-mes-mundial-de-combate-ao-cancer-de-prostata

ladoaladopelavida.org.br

portaldaurologia.org.br/publico/novembroazul/ans.gov.br/aans/noticias-ans/consumidor/5211-novembro-azul-um-sinal-de-alerta-para-a-saude-dos-homens